terça-feira , 16 Janeiro 2018 - 14:46
Home / Nacionais / COFFITO e Ministério da Saúde firmam parceria para estudos técnicos em saúde do trabalhador

COFFITO e Ministério da Saúde firmam parceria para estudos técnicos em saúde do trabalhador


No dia 6 de dezembro, em Brasília, o COFFITO participou de reunião com o Ministro da Saúde, Ricardo Barros, para debater a atuação do fisioterapeuta na saúde do trabalhador, em especial, em programas como o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST) e a Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (RENAST), em que o profissional já está inserido. Perpassando temas como o envelhecimento da população, a necessidade de políticas voltadas à promoção da saúde, e a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, o Conselho e o Ministério encontraram afinidades e optaram por estabelecer uma parceria que vise melhorias ao serviço existente e possibilite novas ações em benefício da população.

Durante a reunião, o presidente do COFFITO, Dr. Roberto Mattar Cepeda, agradeceu a oportunidade e enfatizou o quanto os profissionais de Fisioterapia e de Terapia Ocupacional podem contribuir para a saúde da população brasileira e, ao mesmo tempo, reduzir custos. Para colaborar com essa tese, na pauta específica, expôs dados relacionados ao quantitativo de profissionais no Brasil, com um total de 214 mil fisioterapeutas, e situações como a especialidade profissional de Fisioterapia do Trabalho e o alto número de fisioterapeutas que buscam a continuidade da formação na área de saúde do trabalhador.

O pleito do Conselho estava em consonância, também, ao da equipe técnica do Ministério da Saúde, cuja preocupação centrava-se na necessidade de profissionais com conhecimentos mais específicos na área de saúde do trabalhador. O coordenador-geral de Acompanhamento e Avaliação, e diretor substituto do Departamento de Atenção Básica, Allan Nuno Alves de Sousa, por sua vez, salientou que uma das maiores reincidências está relacionada à dor crônica, contribuindo, assim, para a demanda específica por atendimento fisioterapêutico. Este dado evidencia a importância de uma atenção ainda mais especializada por parte desses profissionais, especialmente se considerado o fato de que 1/3 dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), atualmente, é composto por fisioterapeutas

Levando em consideração os temas abordados e em acordo às proposições, o Ministro da Saúde sugeriu encontros entre os grupos para formulação de propostas à saúde do trabalhador.

Também estiveram presentes na Reunião os membros da Comissão de Planejamento de Projetos da Saúde do Trabalhador do Sistema COFFITO/CREFITOS, Dra. Patrícia Rossafa Branco; Dr. Marcelino Martins; Dra. Maryanne Martins Gomes de Carvalho; Dr. José Ronaldo Veronesi Júnior; e o presidente da Associação Brasileira de Fisioterapia do Trabalho (ABRAFIT), Dr. Arquimedes Augusto Penha. Além do ministro, também participaram a técnica especializada em Políticas, Dra. Maila Brito; e a coordenadora-geral de Saúde do Trabalhador, Dra. Flávia Ferreira.

Fonte: COFFITO

Veja Também

Reunião de DEFIS do Sistema COFFITO/CREFITOs integra Semana de encontros

Na semana de encontros do Sistema COFFITO/CREFITOs, a fiscalização entrou na pauta do terceiro dia, …

CREFITO-4 realiza Concurso Público

As inscrições para o concurso público do CREFITO-4 estão abertas até o dia 20 de …