segunda-feira , 18 dezembro 2017 - 17:16
Home / Capa Slide / Fisioterapeutas da Evangelina Rosa se capacitam para atender recém-nascidos das UTIs

Fisioterapeutas da Evangelina Rosa se capacitam para atender recém-nascidos das UTIs

Nesta sexta-feira (13), em alusão ao Dia do Fisioterapeuta e Terapeuta Ocupacional, teve início o primeiro curso de capacitação interna em Suporte Ventilatório para profissionais da Maternidade Dona Evangelina Rosa. A capacitação segue até próximo domingo (15) e faz parte de uma parceria entre o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Piauí (Crefito 14) e a Maternidade, por meio do Núcleo de Educação Permanente e Práticas em Saúde (NEPPS) da diretoria de Ensino e Pesquisa.

Ministrado pela fisioterapeuta e especialista em neonatologia, Andrezza Lemos, do Hospital Agamenon Magalhães, de Recife-PE, o curso tem como objetivo proporcionar aos fisioterapeutas mais conhecimento sobre as técnicas de suporte ventilatório a fim de beneficiar pacientes através das técnicas de ventilação que são utilizados em Unidade de Terapia Intensiva Neopediátrica da maternidade.

O presidente do Crefito 14, Marcelino Martins, recebeu os fisioterapeutas no auditório da instituição, onde parabenizou pelo Dia do Fisioterapeuta e Terapeuta Ocupacional e comentou sobre a capacitação. “O atendimento de recém-nascidos necessita de uma atenção e dedicação total. Então ficamos gratos por todo o esforço da equipe de fisioterapeutas do núcleo de pesquisa da Maternidade, que está com um planejamento de capacitação interna importante para garantir qualidade no atendimento aos pacientes”, frisa.

O médico obstetra e diretor de Ensino e Pesquisa da Maternidade, Joaquim Parente, fala sobre a importância da parceria com o Conselho. “A gente buscou o Crefito 14 no sentido de viabilizar um curso de atualização voltado para os profissionais da maternidade. Agradeço ao presidente Marcelino Martins pela iniciativa de promover esse primeiro curso de vários que ainda virão para capacitar nossa equipe”, destaca.

Durante o curso, os profissionais aproveitaram para externar o resultado benéfico da primeira aplicação do gás de óxido nítrico ao suporte ventilatório, realizado nesta semana, pelos fisioterapeutas João Pedro Pio Rodrigues e Mayara Antunes Cardoso presentes na capacitação.

“Essa é uma atividade pioneira na maternidade, nosso primeiro uso de óxido nítrico já mostrou resultados positivos no ciclo respiratório do bebê que recebeu o tratamento. Nós sempre tínhamos um problema em relação ao tratamento de bebês que apresentavam quadro de hipertensão pulmonar grave, mas com o novo aparelho, que oferece gás de óxido nítrico ao suporte ventilatório, temos uma maior eficiência nas trocas gasosas e maior controle do que vai ser oferecido ao recém-nascido”, explica o fisioterapeuta João Pedro Rodrigues.

Para a fisioterapeuta Laysa Falcão, que é coordenadora da equipe de fisioterapia da Evangelina Rosa, “são esses cursos que vão, cada vez mais, trazer trocas de informações a respeito da assistência ao neonato e à mulher de risco nas UTIs, além de facilitar o acesso aos nossos profissionais em relação à dificuldade de sair do Estado para participar de cursos dessa proporção”.

Veja Também

COFFITO analisa parcerias com FIOCRUZ, Banco do Brasil e Ministério da Saúde

COFFITO analisa parcerias com FIOCRUZ, Banco do Brasil e Ministério da Saúde O COFFITO, durante …

MP-PI faz encaminhamentos à FMS para melhorias na Maternidade Wall Ferraz e Hospital do Dirceu II

Nesta terça-feira (5), as representantes do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito 14), …