segunda-feira , 18 dezembro 2017 - 17:18
Home / Capa Slide / Marco histórico: 1ª turma de Terapia Ocupacional se forma no Piauí

Marco histórico: 1ª turma de Terapia Ocupacional se forma no Piauí

Na noite dessa quinta-feira (10), foi realizada a formatura da primeira turma de Terapia Ocupacional do Piauí. As estudantes da Faculdade Facid Devry colaram grau no auditório do Colégio Agrícola de Teresina e entraram para a história da Terapia Ocupacional piauiense.

Essa também é a segunda turma de Terapia Ocupacional do Brasil formada com uma integrante deficiente auditiva. Durante solenidades, houve a inclusão de Tradutores de Libras.

A terapeuta ocupacional e vice-presidente do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito14), Leila Mendes, esteve na solenidade de Colação de Grau e participou da mesa de honra junto com professores e autoridades homenageados. Na oportunidade, Leila Mendes parabenizou as estudantes e reforçou o momento como histórico para a Terapia Ocupacional do Piauí.

“São 4 anos de um sonho que se realizou. Antes, os alunos daqui precisavam fazer o curso no Ceará ou no Maranhão. Mas o grupo Devry abraçou nossa causa e agora temos uma turma vitoriosa. Somos profissionais que trabalhamos com a inclusão, então com a saída da primeira de muitas turmas a terapia ocupacional poderá oferecer atendimento em todas as áreas, da saúde, educação e assistência social.”, enfatizou a vice-presidente do Crefito 14.

Bruna Noleto, uma das graduadas da turma de Terapia Ocupacional, que também é membro do Crefito 14 Jovem, explanou sua realização profissional. “O sentimento é de gratidão, de dever cumprido e o início de mais uma luta em prol da Terapia Ocupacional, pois nossa profissão ainda necessita se fortalecer. E agora somos mais 19 integrantes nesse time para, juntas, realizarmos mais conquistas,” destaca.

Para a Terapeuta Ocupacional Nívia Rocha, que já fez parte do planejamento do curso, foi um dia de grande reconhecimento e emoção para a categoria. “O Piauí está de parabéns. As pessoas que estão precisando de reabilitação, de atendimento, agora terão Terapeutas Ocupacionais para atender e dar o suporte. Nosso Estado só tem a ganhar com as primeiras terapeutas ocupacionais formadas aqui”, afirma.

Veja Também

COFFITO analisa parcerias com FIOCRUZ, Banco do Brasil e Ministério da Saúde

COFFITO analisa parcerias com FIOCRUZ, Banco do Brasil e Ministério da Saúde O COFFITO, durante …

MP-PI faz encaminhamentos à FMS para melhorias na Maternidade Wall Ferraz e Hospital do Dirceu II

Nesta terça-feira (5), as representantes do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito 14), …